biografia

Fernando Mendes é natural de Lisboa onde nasceu a 9 de Março de 1963. Desde cedo a sua existência se confunde com os palcos e todo o ambiente cénico que os envolve já que acompanhava o pai, o ator Vítor Mendes, pelo país fora nas diversas revistas em que participava. É a ele que Fernando Mendes atribui a responsabilidade por esta paixão que é a representação.

É ator desde os 17 anos – estreou-se no Teatro ABC em 1980 com a peça Reviravolta ao lado de Eugénio Salvador e Florbela Queiroz – e desde então participou em diversas peças de revista à portuguesa como Não Batam Mais no Zézinho (1988), A Prova dos Novos(1988), Vitória, Vitória (1989), A Rir é que a Gente se Entende (1992), A Pão e Laranjas (1993), Toma Lá Disto (1994), Viva a Revista(1996), entre outras. Desde 2003 assumiu-se como cabeça de cartaz das peças In Love (2003), Kiss Kiss (2004), Peso Certo (2006),Mendes.come (2010), Caixa Forte (2013) e agora com Noivo por Acaso (2015).

No que diz respeito à televisão, a sua estreia deu-se no ano de 1984, na RTP, com a telenovela Passerelle, no entanto, e apesar de posteriormente ainda ter novelas como Cinzas e Verão Quente (1993), e Na Paz dos Anjos (1994), não é neste registo que Fernando Mendes se sente como peixe na água e, ao dia de hoje, a sua carreira na televisão é vincada pelas suas participações em séries cómicas como Nico d’Obra (1990), com Nicolau Breyner, e Nós os Ricos (1996), com Rosa do Canto. Mais recentemente, em 2010, e também ao lado destes nomes, entrou na série Os Compadres, que contou ainda com a presença de Ana Zanatti.

Mas foi no fenómeno O Preço Certo, a adaptação portuguesa do formato norte-americano The Price is Right, que o mediatismo televisivo consagrou o talento e o carisma de Fernando Mendes, que está há 17 anos consecutivos no ar e a liderar audiências no horário pré-nobre que antecede o telejornal da noite. Ao ser chamado para substituir Jorge Gabriel na apresentação do programa que estreara em 2003, transformou-o em mais do que um concurso: um autêntico programa de entretenimento que conversando, brincando e interagindo com os elementos do público, dá a conhecer o país real através das suas gentes que, cheias de alegria e boa-disposição, vão jogando a’O Preço Certo e ganhando, ou não, prémios que podem ir desde electrodomésticos até automóveis.

Fernando Mendes é ainda um pai babado de um casal de filhos, já crescidos, pelos quais tem um enorme orgulho. A eles dedica a sua carreira e a sua vida e são eles quem o motiva a cada dia. É um amante da boa mesa, um apaixonado pela gastronomia e, seguramente, um bom garfo. À sua figura alegre e anafada associou-se a alcunha de ‘o gordo’, pelo qual não se importa de ser chamado e da que inclusive reconhece um certo carinho. Onde quer que esteja, a alegria não pode faltar, tal não é a sua capacidade inerente de divertir quem o rodeia. Esta é a sua forma de estar na vida. É um animador nato e um amigo dedicado.

Nome:

Fernando Mendes

 

Actividade:

Ator / Apresentador

 

Estado civil:

Solteiro

 

Data de nascimento:

9 de Março de 1963

Naturalidade:

Lisboa


Cidade onde vive:

Lisboa


Desportos que pratica:

Gastronomia


Tempos Livres:

Poucos

carreira

1980: 15 de Novembro – Estreia-se aos 17 anos na revista Reviravolta no Teatro ABC, com Eugénio Salvador e Florbela Queiroz, Rosa do Canto, Mara Abrantes;

1981: Revista Escabeche, no Teatro ABC, com Eugénio Salvador, Florbela Queiroz;

1982: Revista Chá e Porrada, no Teatro ABC, com Eugénio Salvador, Octavio Matos, Rita Ribeiro, Manuel Maria, Óscar Acúrcio;

1983: Revista É Sempre a Aviar, com Eugénio Salvador, Florbela Queiroz e Rita Ribeiro;

1983: Telenovela Palavras Cruzadas;

1983: Programa de TV Foguete com Carlos Paião, António Sala e Luís Arriaga;

1984: Telenovela Passerelle;

1985: Revista Não Batam Mais no Zézinho, no Teatro Maria Vitória, com Ivone Silva, Eugénio Salvador, Carlos Cunha, Marina Mota e os Acordeonistas Fernanda Guerra e Fernando Ribeiro;

1985: Revista Por Um Fio com Francisco Nicholson, Vera Mónica, Fernando Mendes, Cristina Areia, Maria Tavares e Manuela Cassola;

1986: Revista Isto é Maria Vitória, com Eugénio Salvador, Carlos Cunha, Marina Mota e os acordeonistas Fernanda Guerra e Fernando Ribeiro;

1987: Revista Escrita em Dia, com Eugénio Salvador, Simone de Oliveira, Francisco Nicholson, Carlos Cunha, Marina Mota e os Acordeonistas Fernanda Guerra e Fernando Ribeiro;

1988: Revista A Prova dos Novos no Teatro Variedades com Marina Mota, Carlos Cunha, Vera Mónica, Carlos Ivo, José Raposo, Maria João Abreu e Helena Coelho;

1988: Prémio Melhor Actor do Ano atribuído pelo Jornal O Sete;

1989: Programa de TV Canto Alegre, com Marina Mota, António Montez, Vera Mónica, Francisco Nicholson, José Raposo e Maria João Abreu;

1989: Prémio Popularidade atribuído pela Casa da Imprensa;

1989: Programa de variedades Pisca Pisca, de Armando Cortez e Rosa Lobato Faria, com Armando Cortez, Luisa Barbosa, Natalina José, Florbela Queiroz, Rosa do Canto, Júlio César, Fernando Mendes e Paula Cruz;

1989: Revista Vitória, Vitória com Marina Mota, Carlos Cunha, Rosa do Canto, Fernando Mendes, Carlos Ivo, Eva Cristina, Rui de Sá, Cristina Areia, João Loy, Rute Correia, Olimpia Portela, Anabela Perez, Paula Soares, Maria Arriaga;

1990: Série de TV Nico D’Obra com Nicolau Breyner;

1992: Participação no filme português Aqui Del Rei;

1992: Tournée nacional da revista A Rir é que a Gente se Entende;

1993: Revista A Pão e Laranjas no Teatro Maria Vitória;

1993: Telenovela Cinzas;

1993: Série de TV Nico d’Obra com Nicolau Breyner, Ana Zanatti, e Rosa do Canto;

1993: Telenovela Verão Quente;

1994: Telenovela Na Paz dos Anjos;

1994: Programa de TV Um, Dois, Três;

1994: Tournée nacional da revista Toma Lá Disto com Rosa do Canto;

1994: Revista De Pernas P´ró Ar no Teatro Maria Vitória;

1995: Apresentou o Primeiro Grande Prémio RTP Danças de Salão, com Rosa do Canto;

1996: Revista Vamos todos ao Parque com Rosa do Canto, Cristina Areia, Luis Mascarenhas e José da Câmara;

1996: Nós os Ricos com Rosa do Canto, Carlos Areia, Ana Zanatti na RTP;

1996: Programa de TV Docas, na TVI;

1996: Tournée nacional da revista Viva a Revista;

2000: Milionários à Força, na RTP;

2001: Fábrica de Anedotas, na RTP1;

2002: Casino de Espinho, Quartas Fartas;

2003: Comédia Musical In Love, na Fábrica do Inglês, em Silves;

2003 até ao presente: O Preço Certo na RTP1;

2004: Comédia Musical Kiss Kiss, na Fábrica do Inglês, em Silves;

2006: Apresentação da Gala 10º Aniversário da Solverde no Algarve;

2006: Participação no programa das Marchas Populares, RTP1;

2006: Tournée nacional do espectáculo Peso Certo;

2006: Programa de entretenimento Em Família com Fernando Mendes;

2006: Participação no programa Dança Comigo, na RTP1;

2007: Lança o livro Petiscos de Fazer Crescer Água na Boca;

2007: Integra a série humorística Contra Informação, da RTP1;

2009: Programa Há Festa em…, com José Carlos Malato na RTP1;

2010: Lança o livro infantil com CD Era uma vez… – Os contos favoritos de Fernando Mendes;

2010: Programa Carrega no Botão com José Carlos Malato na RTP1;

2010: Peça mendes.come – 30 anos de carreira, Cristina Areia, Luís Portugal e António Vaz Mendes;

2010: Série Os Compadres com Nicolau Breyner, Rosa do Canto, Ana Zanatti na RTP1;

2012: mendes.come no Olympia em Paris (19/05/2012);

2012: mendes.come no Teatro Municipal de Portimão em Julho e Agosto;

2013: Cumpre 10 anos consecutivos à frente do programa O Preço Certo;

2013: Peça Caixa Forte, no Teatro Villaret, com Cristina Areia, Carla Andrino e Frederico Amaral.

2015: Peça Noivo por Acaso com Carla Andrino, Jorge Mourato e Patrícia Tavares

2018: Peça Insónia

e mais não se lembra…

redes sociais